Total de visualizações de página

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

FUNDAÇÃO DE SÃO VICENTE

FUNDAÇÃO DE SÃO VICENTE
Em um dia 22/01 como hoje, no ano de 1532, Martin Afonso de Souza, donatário português, fundava a Vila de São Vicente, primeira vila da História do Brasil.
A localidade, que na verdade é uma ilha, fora habitada, em seus primórdios, por índios Tapuias, expulsos pelos índios Tupis vindos da Amazônia por volta do ano 1000.
O nome, Ilha de São Vicente, foi dado por Gaspar de Lemos em 1502, em honra de Vicente de Saragoça, ou São Vicente Martir. Porém, os índios que a habitavam então denominavam de ilha de Gohayó.
Martin Afonso de Souza, que recebera duas capitanias hereditárias do Rei Dom João III, veio ao Brasil com a missão de demarcação do litoral até o Rio da Prata e, após travar combate contra os “índios carijós, guaianases e tamoios“ a quem venceu, fundou a vila.
As primeiras construções consistiram do pelourinho, símbolo da autoridade real, a igreja e uma câmara, para a qual foram realizadas as primeiras eleições das Américas, em 22/08/1532.
Assim, a fundação de São Vicente representou o início, de fato, da História do Brasil Colônia. Parabéns a todos os que, como eu, têm o orgulho de serem Vicentinos!
Moro no belíssimo Nordeste. Estou distante, mas não esqueço dos passeios de trenzinho na Praça 22 de Janeiro, dos doces maravilhosos (e cheios de abelhas) das barracas da Biquinha e da emocionante (e assustadora) travessia a pé da Ponte Pênsil.
Parabéns São Vicente!
Compre nosso livro CAMINHOS DO IMPERADOR - D. Pedro II em Sergipe clicando aqui.
Para ler outras mini-séries do Reino de Clio, clique aqui.
Para acompanhar nossa série sobre o Egito Antigo, clique aqui.
Para conhecer nossa seção de História Geral, clique aqui.
Para conhecer nossa seção de História do Brasil, clique aqui.
Para fazer visitas virtuais a alguns dos mais importantes museus do país, clique aqui.
Para conhecer a Revista Reino de Clio, clique aqui.

Conheça e curta nossa página no Facebook, clicando aqui.



Nenhum comentário:

Postar um comentário